Fórum de Valença do Minho

Olá caro(a) Visitante!

A Administração do Fórum Valença do Minho convida-o(a) a registar-se no nosso Fórum!

Se já o fez, por favor faça Login!

A Administração


As buscas efectuadas anteontem à tarde em Cerdal, Valença

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

As buscas efectuadas anteontem à tarde em Cerdal, Valença

Mensagem por churruca63 em 23/2/2008, 03:37

As buscas para tentar descobrir Collarte não deram resultados
As buscas efectuadas anteontem à tarde em Cerdal, Valença, para descobrir o corpo do empresário espanhol Guillermo Collarte, misteriosamente desaparecido há mais de oito anos – segundo a família numa tentativa de extorsão – não resultaram em nada.
No dia anterior, tinham sido recolhidas peças de roupa que todavia não foram identificadas como pertencentes ao cidadão galego. Nas buscas participou uma equipa de uma universidade de Lisboa, com um geo-radar vocacionado para encontrar pessoas soterradas.

Fundador da Confederação de Empresários de Orense, Collarte mantinha negócios em Portugal, alguns deles em Valença – como sócio da empresa promotora de um centro comercial e construtor imobiliário. Foi em Valença, que o empresário desapareceu, em 5 de Outubro de 1999, com 72 anos, depois de uma reunião com sócios e colaboradores, e após ter efectuado alguns pagamentos e vistoriado o andamento das obras.

A família Collarte continua a lembrar anualmente o desaparecimento e oferece recompensas monetárias a quem revelar informações sobre o sucedido e o paradeiro do empresário, que admitem estar morto.

Depois de anos de silêncio, o Tribunal de Valença e a Polícia Judiciária avançaram para novas diligências, que determinaram as buscas de ontem a um local no lugar da Pedreira, Bogim Cerdal.

Domingues Ribeiro, de 65 anos, que trabalhou durante oito anos para Collarte e que com ele privou pessoalmente, afirmou ao CM que à data do desaparecimento constou-se entre os trabalhadores que o corpo do empresário estaria emparedado no prédio fronteiriço à estação de caminho-de-ferro da CP de Valença, na altura em construção.

“Foi o que se falou e na minha opinião é uma hipótese mais viável do que o corpo estar nestes terrenos”, afirmou Domingues Ribeiro. Do empresário galego, o ex-trabalhador da construção civil traçou um retrato de homem afável e humano. “Nunca ficou a dever nada a ninguém, às vezes atrasava-se nos pagamentos, mas pagava”, garante.

A família do empresário admite que este tenha sido sequestrado para extorsão mas que tenha falecido acidentalmente durante o cativeiro.
avatar
churruca63
Membro
Membro

Masculino
Idade : 54
Localização : Ganfei...
Nº de Mensagens : 27
Data de inscrição : 04/03/2007
1

Ver perfil do usuário http://www.serbenfiquista.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum