Fórum de Valença do Minho

Olá caro(a) Visitante!

A Administração do Fórum Valença do Minho convida-o(a) a registar-se no nosso Fórum!

Se já o fez, por favor faça Login!

A Administração


Lindbergh amarou no Minho há 75 anos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lindbergh amarou no Minho há 75 anos

Mensagem por Boss em 12/11/2008, 15:33

Lindbergh amarou no Minho há 75 anos

Completam-se, esta quarta-feira, 75 anos sobre a descida, forçada, do hidroavião pilotado pelo célebre aviador norte- americano Charles Lindbergh nas águas do rio Minho. Concretamente, em Friestas, freguesia que ergueu um monumento para evocar o feito.

Há precisamente 75 anos, um hidroavião começou a descer, para espanto de muitos, em direcção ao rio Minho. Após diversas voltas, em busca de um lugar para pousar o aparelho, o piloto opta pelas águas do rio internacional, imobilizando o seu "Lockheed" numa enseada situada junto à Ínsua do Crasto, em Friestas, Valença, perante uma população que correu para o acolher. Aos comandos da aeronave, seguia o célebre aviador norte-americano Charles Lindbergh, que vinha, então, acompanhado de sua esposa, Anne Morrow. Motivo da descida no rio Minho: falta de gasolina.

O episódio, que surpreendeu, então, diversas personalidades dos dois lados da fronteira, que acorreram a Valença para encontrar-se com o piloto que, seis anos antes, se havia convertido em lenda pela solitária travessia do Atlântico Norte, não passaria, também, despercebido à pacata localidade que acolheu, na altura, o herói da aviação. Há mais de uma década, Friestas decidiu honrar a inesperada visita de Lind-bergh com um monumento saído das mãos de um filho da terra, Alípio Nunes, que foi, também, um dos maiores defensores da criação de obra que evocasse o feito.

"Na freguesia, sempre se falou muito nisso, mas cada pessoa começava a ter uma versão própria. Por isso, a Junta decidiu-se pela criação de uma obra que eternizasse o que aconteceu", refere. Confesso autodidacta, diz que a concepção do monumento prolongou-se por dois anos, consistindo a criação numa pirâmide de granito de 23 toneladas e numa estrutura em ferro, com 800 quilos. "Prescindimos dos nossos vencimentos durante alguns meses para custeá-la", assinala o autarca local, Manuel Cunha, afiançando que, apesar dos esforços da Autarquia a que preside, "a criação não tem merecido a mesma atenção, por parte de outras entidades"


In Jornal de Noticias online

_________________


Leia as Regras do Fórum
avatar
Boss
Administrador
Administrador

Masculino
Idade : 47
Localização : Valença do Minho
Nº de Mensagens : 752
Mensagem : Leia e cumpra as Regras do Fórum
Data de inscrição : 03/03/2007
1

Ver perfil do usuário http://valencadominho.forum-livre.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lindbergh amarou no Minho há 75 anos

Mensagem por Abandonado em 17/11/2008, 18:30

Deixo aqui um desafio: alguém tem fotos antigas ou postal ilustrado alusivo ao acontecimento e que possa digitalizar e partilhar? Acho que é importante preservar a memória dessas pequenas "estórias" que contribuem para a história.
Esta sugestão, de resto, é válida para a descida do aviador americano, como para qualquer outra situação susceptível de caber neste forum: há tão belos edifícios e paisagens há muito desparecidas das quais apenas fica um retrato, um postal e que são óptima forma de mostrar aos novos o que eles não vieram a tempo de conhecer e de recordar aos antigos tempos diferentes dos quais muitos têm saudade. Lá dizia o poeta... recordar é viver!
avatar
Abandonado
Membro
Membro

Masculino
Idade : 46
Localização : Ganfei
Nº de Mensagens : 5
Data de inscrição : 03/11/2008
1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum