Fórum de Valença do Minho

Olá caro(a) Visitante!

A Administração do Fórum Valença do Minho convida-o(a) a registar-se no nosso Fórum!

Se já o fez, por favor faça Login!

A Administração


Plataforma Logística de Valença em construção até a Primavera de 2010

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Plataforma Logística de Valença em construção até a Primavera de 2010

Mensagem por gijo em 20/7/2009, 22:33

O Projecto de Investimento da Plataforma Logística de Valença é apresentado hoje, pelas 16h00, no Auditório Municipal de Valença. O acto conta com a presença de responsáveis governamentais, empresários e entidades regionais. A Plataforma Logística de Valença decorre do programa Portugal Logístico e localiza-se na parte sul do concelho, nas proximidades do actual Parque Empresarial, e implicará um investimento aproximado de 50 milhões de euros. A nova infra-estrutura multimodal e transfronteiriça e dará apoio à actividade logística da região Norte de Portugal e Sul da Galiza. Contempla acessibilidades rodoviárias estruturantes, estando em estudo, na sua proximidade imediata, a localização do terminal ferroviário de mercadorias do comboio de alta velocidades Porto/Valença/Vigo.



IN: Diário do Minho
avatar
gijo
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 34
Localização : Valença
Nº de Mensagens : 155
Data de inscrição : 10/03/2007
1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Plataforma Logística de Valença em construção até a Primavera de 2010

Mensagem por gijo em 21/7/2009, 17:05

Se todos os projectos de licenciamento estiverem concluídos, a Conceito Original, promotor privado responsável pela construção da plataforma logística de Valença, espera começar “a ver obra” a partir do final do primeiro trimestre de 2010. A parceria entre o Estado, a câmara municipal e o consórcio, que detém as empresas Way2be e a SGPS, foi apresentada esta tarde na presença da secretária de Estados dos Transportes com a previsão de entrada em exploração da nova estrutura, integrada numa rede nacional, em 2011.

Numa primeira fase, o projecto, que prevê uma área disponível de 57 ha, podendo crescer até aos 78ha, aponta para um potencial de criação de 2500 postos de trabalho directos e de 6250 indirectos, já na fase de exploração. A estes números acrescem os cerca de 1200 trabalhadores que o investidor vai contratar para a construção da plataforma, que vai representar um investimento total de 200 milhões de euros.

Estrategicamente localizada a meio caminho do Porto e de Vigo, na Galiza, a plataforma vai ficar instalada no lado sul do nó entre a A3, que liga o Porto a Valença, e a Estrada Nacional (EN) 13, próximo do actual parque empresarial do concelho.

Servida pela A3, pela A28, pelas estradas nacionais 13 e 101 e com ligação à linha ferroviária convencional do Minho, um dos factores considerados como determinantes para o seu sucesso a nível de acessos ferroviários prende-se com o facto de o traçado da linha de alta velocidade que ligará o Porto a Vigo prever, em Valença, a criação de duas paragens, uma para mercadorias e outra para passageiros.

Estima-se que esta plataforma venha a servir um mercado local de cerca de 2,4 milhões de habitantes num raio de cem quilómetros, que concentra 15 por cento do PIB industrial nacional e três por cento do espanhol. Vocacionada para dinamizar a economia regional e a captação de fluxos e investimentos industriais, a infra-estrutura permitirá alargar o hinterland do porto de Leixões a toda a região do Nordeste da Península Ibérica.Entre as principais funcionalidades deste espaço encontram-se uma área logística de multifunções, área ferro-logística especializada, área logística de transformação e clientes únicos, terminal intermodal ferroviário e rodoviário e centro de serviços de apoio.

Na cerimónia de apresentação do projecto, a secretária de Estado dos Transportes Ana Paula Vitorino acrescentou também que para este que conjunto venha a funcionar com sucesso “é essencial e incontornável” fazer a ligação ferroviária em alta velocidade entre o Porto e Vigo, na Galiza. Para a governante não se trata de “despesismo” porque só esta ligação permitirá dar competitividade ao “o verdadeiro Eixo “Atlântico, que não deve acabar no Porto.Começa na Corunha e deve acabar no Algarve, onde está localizada mais de 70 por cento da nossa economia”, sublinhou.

PUBLICO.PT
avatar
gijo
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 34
Localização : Valença
Nº de Mensagens : 155
Data de inscrição : 10/03/2007
1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plataforma Logística de Valença em construção até a Primavera de 2010

Mensagem por gijo em 22/7/2009, 17:03



O presidente da Câmara Municipal de Valença sublinhou ontem o contributo que a plataforma logística vai trazer para o município e para a região. Durante a apresentação pública do projecto, José Luís Serra, na expectativa de que «ninguém rasgue o projecto», referiu, igualmente, a transformação que vai operar no território.

Presente na sessão, a secretária de Estado dos Transportes defendeu, por sua vez, que a construção da ligação em comboio de alta velocidade entre o Porto e Vigo «não é despesismo», mas uma componente essencial para um projecto do qual a plataforma logística na fronteira altominhota é uma das peças. Ana Paula Vitorino disse que estava ali, não pela plataforma de Valença, mas por um sistema de transportes e logística que transforma o território, entre a Galiza e o Algarve, no verdadeiro eixo do Atlântico.

Diário do Minho
avatar
gijo
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 34
Localização : Valença
Nº de Mensagens : 155
Data de inscrição : 10/03/2007
1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plataforma Logística de Valença em construção até a Primavera de 2010

Mensagem por gijo em 23/7/2009, 20:20

Consórcio investe 200 milhões em Valença
O consórcio WAY2B vai investir 200 milhões de euros na plataforma logística de Valença, uma das doze previstas para o Plano Portugal Logístico.


O consórcio WAY2B vai investir 200 milhões de euros na plataforma logística de Valença, uma das doze previstas para o Plano Portugal Logístico.

A plataforma terá uma área aproximada de 200 hectares, um investimento de cerca 200 milhões de euros e criará entre 10.000 a 14.000 postos de trabalho, dos quais 2.500 serão directos, segundo adiantou o consórcio.

A construção deverá arrancar no fim do ano a terminar em 2010. Os responsáveis dizem que há várias empresas galegas já interessadas em instalar-se no local.

O Plano Portugal Logístico já arrancou com a construção da plataforma de Castanheira do Ribatejo e tem como principal bandeira a estrutura do Poceirão. Em alguns casos, verificaram-se atrasos por causa de questões relacionadas com os custos.


Jornal de Negocios
avatar
gijo
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 34
Localização : Valença
Nº de Mensagens : 155
Data de inscrição : 10/03/2007
1

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Plataforma Logística de Valença em construção até a Primavera de 2010

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum